Como definir salários na empresa

Existem vários fatores que levam um bom funcionário a trabalhar na sua empresa, mas não podemos negar o grande peso que o salário tem nessa escolha. Por isso, a definição dos ganhos dos seus colaboradores não pode ser feita de qualquer forma.

É necessário pesquisar o mercado, manter uma coerência com a remuneração dos seus outros funcionários e ver o quanto pesam os benefícios. Além disso, um salário precisa ser compatível com o trabalho realizado pelo colaborador e ser um gasto revertido em maior produtividade, gerando lucro e não prejuízos.

Você precisa de ajuda para definir o salário dos funcionários mas não sabe por onde começar? Confira algumas dicas para fazer isso a seguir:

Estude a média do mercado

O primeiro passo para definir uma remuneração dentro da sua empresa é estudar a média do mercado. Caso o salário que você ofereça esteja abaixo do que é pago em empresas semelhantes, provavelmente acontecerá um de dois cenários: você atrairá um funcionário com competências abaixo do nível do mercado ou o colaborador deixará a empresa para outra oportunidade assim que possível.

A pesquisa sobre a média salarial deve ser feita com empresas do mesmo porte e ramos semelhantes ao seu. Com uma empresa de pequeno porte você dificilmente conseguirá competir, sem prejuízos financeiros, com uma multinacional, especialmente em cargos que exijam especialização. Da mesma forma, ramos diferentes remuneram de forma distinta.

Fique de olho nos salários internos

Após fazer a pesquisa externa da média salarial do mercado é importante que você mantenha também a atenção aos salários que paga a seus outros funcionários. Caso você defina a remuneração de um cargo apenas por fatores externos, poderá acontecer do valor recebido por um funcionário ser muito superior aos outros cargos da sua empresa. Isso pode gerar desconforto.

Nem sempre é possível manter uma uniformidade salarial: algumas especializações inevitavelmente ganham mais do que outras. Mas você deve sempre manter certa equalização pois não pode haver grande diferença salarial em cargos que exijam o mesmo nível de responsabilidade.

Agregue um pacote de benefícios

Um fator que deve ser levado em consideração ao pensar no salário dos seus funcionários é o pacote de benefícios que você oferece. Vale alimentação e vale transporte são os mais comuns, mas existem outros que podem pesar para um funcionário decidir trabalhar na sua empresa, mesmo com um salário inferior. Caso sua empresa pague bons treinamentos para os funcionários, por exemplo, é possível atrair muitas pessoas.

Existem outros fatores mais difíceis de medir financeiramente, mas que também podem influenciar indiretamente na remuneração. O fato da empresa oferecer, por exemplo, uma academia para os funcionários é uma espécie de pagamento que muitos não poderiam arcar e deve ser levado em consideração quando for definir o salário que pagará.

Vale a pena implementar um Plano de Cargos e Salários?

Um Plano de Cargos e Salários (PCS) pode ser uma boa pedida para instituir um maior senso de justiça dentro da sua empresa. Além disso, tendo estabelecido anteriormente toda a sua estrutura de remuneração, fica muito mais fácil definir o salário para um novo cargo dentro da empresa. Em um PCS, o funcionário sabe exatamente quais degraus deverá subir para receber determinado salário, assim que ele entra na empresa.

O problema do PCS é que ele pode acabar engessando sua empresa internamente e atrapalhar alguns tipos de contratações externas. No plano interno, ele pode fazer com que funcionários se acomodem, já que sabem que, dentro de um determinado nível de cargo, não importa quão bom seja seu trabalho, ele receberá o mesmo do que outros que estão em um nível igual. No plano externo, ele pode dificultar a contratação para cargos para os quais seja difícil atrair um profissional porque nesses casos você terá que oferecer uma remuneração maior, mesmo que haja disparidade com os outros funcionários.

Seus funcionários certamente saberão reconhecer se têm um salário justo com benefícios compensadores. Pense em produtividade, no bem-estar das pessoas, mas também na manutenção do seu negócio. Tudo é feito por pessoas mas é a gestão o fator responsável por manter um negócio nos trilhos!

E você? Teve dificuldade em definir salários? Quais diretrizes você usa para tomar essa decisão? Conta pra gente! 😀

Um abraço e até a próxima!

 

fonte: https://blog.contaazul.com/como-definir-o-salario-de-seus-funcionarios/

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s